Histórico

Em junho de 1993, durante a realização da XXI jornada da associação dos hospitais do Rio Grande do Sul, o Dr. Humberto Novaes, médico brasileiro há muitos anos trabalhando na OPAS, convidou o Instituto de Administração Hospitalar e Ciências da Saúde a integrar-se ao grande esforço continental, liderado pela OPAS/FLH com o fim de estimular programas de garantia da qualidade assistencial.


Com isso, o IAHCS passou então a dedicar-se a na elaboração de um modelo de acreditação hospitalar, que atendesse às necessidades e peculiaridades de nosso país.


No ano de 1995 foi elaborado o projeto básico, que originou um trabalho de campo de dois anos e resultou no manual de avaliação da qualidade assistencial hospitalar.
Uniram-se ao IAHCS neste projeto a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, o Sebrae-RS e o Núcleo de Pesquisa da Clínica Olivé Leite, de Pelotas no RS, que tinha dentre seus líderes, o Dr. Fábio Leite Gastal.


Em 1997 o IAHCS editou a primeira publicação brasileira especializada no tema, o livro “Acreditação Hospitalar, proteção dos usuários, dos profissionais e das instituições de saúde”, de autoria do Dr. Antonio Quinto Neto e do Dr. Fábio Leite Gastal, cujo prefácio foi escrito pelo então (e hoje falecido) Ministro da Saúde, Dr. Carlos César Albuquerque.


Em 1998 foi lançado o Selo Qualidade RS, específico para a área da saúde, em consonância como PGQP – Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade. Neste ano foram avaliados 15 (quinze) hospitais, tendo 5 (cinco) sido acreditados.


Com o advento da ONA e sua criação oficial em 1999, o núcleo original deste projeto ganhou autonomia, passando a se chamar Instituto de Acreditação Hospitalar e Certificação em Saúde – IAHCS Acreditação, passando a colaborar diretamente na criação do Sistema Brasileiro de Acreditação.

Rua Coronel Corte Real, 75 | Porto Alegre, RS | Fone (51) 333.19.555